Solução na Mídia

Áreas de futuro

Os especialistas confirmam que o ideal é seguir uma profissão para a qual se tem vocação. Mas se essa carreira estiver em alta no mercado de trabalho, melhor ainda. Então, fique de olho nestas áreas promissoras que, segundo profissionais de recursos humanos, crescerão nos próximos anos.

A consultora Moema Aquino, da empresa Solução RH, e a coordenadora de projetos do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), Célia da Cal, ajudaram a formular a lista. Mas Célia lembra que os estudantes devem ficar ligados nas possíveis mudanças do mercado:

Estamos falando de mercados promissores, que podem mudar de acordo com a política e a economia.

Arquitetura e urbanismo

Por causa do crescimento desordenado e do aumento do número de favelas, as grandes cidades deverão se redimencionar nos próximos anos, e o urbanista terá muito trabalho, assim como os arquiteto. Pessoas que têm capacidade de organização, boa noção de espaço e que gostam de matemática podem seguir a profissão, com oportunidades nos setores público e privado.

Engenharia civil

Esta engenharia também promete crescer devido a um provável redimencionamento urbano das grandes cidades. Os engenheiros civis serão solicitados para criar conjuntos populares, fazer construções de qualidade a custo baixo. Para se dar bem nesta área tem que gostar de números, claro, e ter boa capacidade de organização. Interesse social também ajuda.

Engenharia de produção

Os engenheiros dessa área vão continuar encontrando vagas na área financeira. Além disso, o aquecimento na economia deve abrir oportunidade também nas indústrias do país. Esse profissional deverá ser bem racional, capaz de planejar e de analizar dados e gráficos. O profissional deve ainda integrar mão-de-obra, equipamentos e meio ambiente.

Engenharia de transporte

Assim como o planejamento das cidades, o sistema de transporte do país também deve sofrer alterações num futuro próximo, para facilitar o escoamento dos produtos no mercado brasileiro. O aumento das vendas pela internet deve acelerar esse processo. Para trabalhar nessa área, o profissional precisa ter habilidade em logística e saber dimencionar tempo e espaço.

Gastronomia

É um setor que cresce, entre outros motivos, por causa do turismo. As faculdades ainda não oferecem graduação nessa área, mas há cursos superiores de curta duração.
Dentro da gastronomia, um dos setores de destaque é o da enologia, graças ao aumento da produção de vinhos.
Para trabalhar nessa área, é preciso ter interesse em pesquisa, além de paladar e olfato apurados.

Estética e cosmetologia

Homens e mulheres continuarão cada vez mais interessados em novos produtos e tratamentos estéticos. Cirurgiões plásticos e dermatologistas encontrarão grande mercado.
Profissionais de educação física(para trabalhar em academias e personal trainers) serão muito solicitados. Esteticistas também terão oportunidades, mas deverão se aperfeiçoar, por causa da concorrência.

Fisioterapia

A expectativa de vida dos brasileiros está aumentando e o mercado para os fisioterapeutas que atuam no tratamento e na prevenção de doenças também. As vítimas da violência nas cidades e os que sofrem de estresse também procuram esses profissionais, que devem gostar de trabalhar por conta própria e de lidar com pessoas. Eles também podem trabalhar na área de estética

Informática

Esse é um setor que sempre estará em expansão. As áreas de rede digital, internet e de banco de dados são as mais promissoras. Haverá sempre vagas para trabalhar em empresas ou por conta própria. Os profissionais devem ter capacidade de organizar o pensamento e entender o que o outro precisa. É fundamental gostar de lógica e de matemática.

Odontologia Estética

Algumas áreas da odontologia estão em baixa, por causa do efeito positivo das campanhas de prevenção. Mas nos grandes centros, os profissionais especializados em estética vão encontrar mercado. Muitos pacientes têm procurado os consultórios atraídos por novas técnicas que remodelam os dentes originais e para fazer clareamento dos dentes.

Medicina

O Mercado para os médicos estará sempre aberto nas cidades do interior. Nos grandes centros, especialidades como radiologia, cirurgia plástica e genética continuarão em alta. Outra promessa é a ortopédica, uma área da oftalmologia, que funciona como uma fisioterapia para os olhos ajuda a corrigir problemas de visão. Mercado em alta também para pesquisadores.

Engenharia de Petróleo

O setor de engenharia de petróleo e gás continuará em alta e terá espaço para profissionais não só dessa engenharia, mas de áreas como naval, meio ambiente, química, geofísica, geologia. Os profissionais podem trabalhar nos setores de processamento, perfuração e produção de petróleo, por exemplo. A área de pesquisa também está crescendo.

Engenharia de Telecom

O mercado de telecomunicações continuará em alta, mas na área de suporte. É uma atividade de para quem gosta de um trabalho mais técnico. A pesquisa e o desenvolvimento de novos softwares para a captação e a transmissão de dados e a integração de redes também é uma possibilidade. Os profissionais devem ter interesse, por exemplo, por física, eletrônica, eletricidade e informática.

Turismo e hotelaria

A vocação turística do país é grande e, graças a isso as áreas de turismo e hotelaria vao continuar oferecendo muitas oportunidades de trabalho. Além de ser bom em geografia, o profissional deve ter interesse em administração. Especializações como em patrimônio histórico e meio ambiente poderão fazer diferença no currículo dos profissionais.

22/02/05

Megazine – O Globo