Solução na Mídia

Currículo deve ser claro e objetivo

A primeira impressão é a que fica, inclusive no mercado de trabalho. Como na maioria das vezes o primeiro contato entre empregador e candidato é feito através do currículo, quem procura uma oportunidade deve caprichar na elaboração desse documento, que pode fazer toda a diferença na hora de competir por uma vaga.

Segundo a diretora da Solução Recursos Humanos, Moema Aquino, o currículo deve ser objetivo, mas, ao mesmo tempo, precisa conter todas as informações básicas para despertar a curiosidade e o interesse do recrutador.

- O currículo é o cartão de visitas do profissional. É a partir de sua leitura que a empresa decide se vale a pena convidar o trabalhador para uma entrevista ou para participar de um processo de seleção – afirma Moema.

O presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH), Luiz Carlos Campos, destaca que existem dois modelos básicos de currículo: o de profissionais com experiência e o de candidatos que estão iniciando a carreira.

- Os mais experientes devem destacar os empregos anteriores e os mais jovens podem relatar os cursos que já fizeram – sugere ele.

Dalva Campos, de 38 anos, está desempregada há três meses. Em busca de uma vaga, ela elaborou um currículo e levou à Solução.

Embora o documento estivesse bem elaborado, a supervisora de recrutamento, Patrícia Pimentel, lhe deu dicas para aumentar suas chances:

- Ela deve resumir mais, excluindo informações desnecessárias, como referências pessoais e números de carteira de identidade e do CPF.

Dalva nunca tinha ouvido falar que estes dados eram desnecessários.

- Todo mundo diz que pôr referências é bom.

10/10/1999
Extra