Solução na Mídia

Preparação para o mercado de trabalho

Profissional deve investir sempre em aprendizado para ascender na carreira.

Para aproveitar as oportunidades dos setores em expansão o caminho é um só: a qualificação. A opinião é unanimidade entre os especialistas, como o chefe de divisão da Gerência e educação Profissional do Senai, Luís Arruda. Segundo ele, as vagas para telecomunicações, administração ligada à logística e gestão de negócios dependem de conhecimento específico.

Na opinião de Arruda, o perfil desse profissional é de um trabalhador apto a aprender constantemente. O especialista alerta que, além de fazer um curso, tem que se atualizar e buscar o estudo continuado.

    - Os cursos do Senai são focados no mercado. Mas também há a preocupação de formar o profissional de uma maneira geral – explica.

A diretora comercial da Solução Recursos Humanos, Moema Aquino
, vai mais longe. Na sua opinião, as escolas técnicas formam, mas não necessariamente qualificam. Ou seja, não adianta ter o certificado de conclusão e não saber fazer. Aquino explica que o importante é o conhecimento, o que pode ser aprimorado com atividades extra classe como leitura, visitas a empresas e principalmente um estágio, que ela considera a porta de entrada para o mercado de trabalho.

    - O negócio é aprender trabalhando. A empresa quer quem se tenha conhecimento. Não adianta decorar o que está no livro decorado e não fazer na prática – disse.
A diretora da Solução diz ainda que o número de profissionais lançados no mercado é pouco. Outro problema é o alto nível de informatização das empresas e o pouco acesso da população.

De olho no novo perfil do mercado de trabalho, a estudante Christianne Brandão Rabetim, de 14 anos, resolveu aliar o seu Segundo Grau com o curso de eletrônica industrial. O diferencial, segundo ela, já começa na sala de aula. Única mulher de uma turma com cerca de 15 homens, Christianne resolveu fazer um curso técnico para garantir seu ingresso no mercado de trabalho.

    - Meu primo é arquiteto e me falou que essa era uma boa área. Estou começando com esse curso, mas pretendo fazer outros voltados para essas áreas em expansão – diz.

13/05/2001

EXTRA